Sargento acusado de matar colega de farda após desentendimento vai a júri popular

Julgamento ocorrerá na próxima segunda-feira (20), a partir das 9h, no Fórum da Comarca

A 3ª Vara Criminal de União dos Palmares leva a julgamento, na próxima segunda (20), às 9h, o sargento reformado Diógenes Batista de Lima, acusado de matar o colega de farda Manoel Alves Ferreira Júnior, em fevereiro de 2013.

O crime ocorreu no interior de um bar, no município de Santana do Mundaú. De acordo com os autos, réu e vítima teriam se desentendido. Após a briga, Diógenes efetuou disparos contra Manoel, que não resistiu aos ferimentos.

O réu foi pronunciado em outubro de 2013 e será julgado por homicídio duplamente qualificado (motivo torpe e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima). A sessão terá à frente o juiz Anderson Santos dos Passos, titular da 3ª Vara Criminal de União dos Palmares.

Compartilhar

Notícias Relacionadas

Comentários

Últimas Notícias

Publicidade