Ex-governador de Alagoas avalia crise política instalada no país após denúncias dos donos da JBS

O ex-governador de Alagoas, Teotonio Vilela Filho, representando a executiva estadual do Partido Social Democrata Brasileiro (PSDB) avaliou a crise política que o Brasil vem passando após as denúncias contra o senador afastado Aécio Neves e o presidente da República, Michel Temer (PMDB) feitas pelos donos da JBS em delação para justiça. Por meio de nota, Vilela, disse entender que medidas rápidas precisam ser tomadas para que não reste nenhuma dúvida sobre a conduta dos governantes, principalmente para não penalizar ainda mais a população.

Confira a nota na íntegra, abaixo:

"A Executiva Estadual do PSDB/AL reitera total apoio às instituições brasileiras, neste momento de grave crise no país, entendendo que qualquer medida a se adotar deve passar pelo absoluto respeito à Constituição.

Entendemos que medidas precisam ser rapidamente tomadas para que não paire dúvida sobre a conduta de nossos governantes e representantes políticos, e, mais do que nunca, tem que haver serenidade nas decisões, para não penalizar mais ainda a Nação.

O PSDB/AL continuará a lutar, de forma responsável, como tem feito nessas mais de duas décadas de existência, para que o Brasil supere seus desafios sem se afastar do Estado Democrático de Direito duramente conquistado pela população brasileira, e sem que se perca a fé nos princípios de ética pública."

Compartilhar

Comentários